terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

UR Academy



Finalmente consegui duas horinhas livres, e fiz o treinamento online da UR Academy.

Embora o treinamento (CB3) seja voltado para iniciantes, cachorros velhos que nem eu também podem aprender alguns truques.

Por enquanto, o curso só está disponível em inglês, mas o nível de interatividade é tão bom que aconselho até mesmo para quem tem dificuldades com o idioma.

Existe um outro curso, mais avançado, chamado E-SERIES, referente à nova geração de produtos da UR.

É o próximo da minha lista.

Os cursos podem ser feitos gratuitamente (mas mediante cadastro) em

https://www.universal-robots.com/academy/

Parabéns ao pessoal da Univeral Robots por ter criado e disponibilizado esse material.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Industrial Robots & Cobots - mais um livro sobre programação de robôs industriais


Acabo de esbarrar em mais um livro sobre programação de robôs industriais.

Ainda não li, mas pelo preview, parece ser bem legal.

Industrial Robots and Cobots foi escrito por Michał Gurgul, que também é autor dessa interessantíssima apresentação sobre comissionamento virtual com Process Simulate.

Mais detalhes sobre o livro podem ser encontrados em https://roboticsbook.com/

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Livro sobre programação de robôs industriais

Estou prospectando o interesse público em um livro sobre programação de robôs industriais.

Se tiverem um tempo, poderiam por favor responder as questões no formulário abaixo? É rapidinho.

https://goo.gl/forms/PgkQpXSZOARJ8ZCV2

E se souberem de mais alguém que possa ter interesse no assunto, compartilhem o link, por favor.

Agradeço desde já.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Robot Whispering - livro sobre programação de robôs FANUC

Jay Strybis, fundador da ONE Ronotics e autor do excelente blog da empresa, acaba de anunciar o lançamento de seu livro Robot Whispering, The Unofficial Guide To Programming FANUC Robots.




Como o próprio Jay menciona em seu site, existem basicamente três maneiras de se aprender a programar um robô FANUC (ou qualquer outro equipamento):

1. Fazer um treinamento na FANUC (caro e demorado)
2. Ler os manuais (tedioso e demorado)
3. Tentativa e erro (exige muita sorte)

O livro é uma tentativa de encurtar e facilitar esse(s) caminho(s). O autor trabalhou alguns anos na FANUC, e tem bastante expertise na área. Detalhe: o conteúdo é mais voltado para aplicações de manipulação e sistemas de visão.

O livro está em inglês, e para os padrões brasileiros, pode ser considerado bem caro. Mas se tiver metade da qualidade dos posts publicados no blog, recomendo fortemente.

Mais detalhes sobre o livro aqui:

https://www.onerobotics.com/robot-whispering/

Gostaria de ver mais iniciativas como essa. Inclusive em português.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Manuais ABB Robotics 2018 - Download

Descobri hoje que a ABB - assim como a Motoman, a Universal Robots e mais algumas empresas - também resolveu liberar seus manuais online.

Seguem abaixo os links

Manuais IRC5, rev K, RW 6.07 R18.1, os mais atuais, no momento da publicação deste post.

https://robotstudio.azureedge.net/documentation/18.1/start.html

Manuais do IRC5P (robô de pintura)

https://robotstudio.azureedge.net/documentation/18.1/Paint/index.html

Manuais do IRC5, rev H, RW 6.05 R17.1

https://robotstudio.azureedge.net/documentation/17.1/start.html


terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

RCML - Robot Control Meta Language

Esbarrei no RCML (https://toolkit.rcml.tech/) hoje, e só posso dizer que achei a ideia muito interessante.

O WORA (write once, run anywhere) foi um slogan criado pelo pessoal da Sun Microsystems, para descrever o código Java, que uma vez escrito, pode ser executado em qualquer sistema operacional que tenha um interpretador Java disponível.

Naquela época, linguagens interpretadas já não eram novidade, mas esse pequeno bordão ajudou muita gente de fora do meio a entender o poder desse conceito.

O RCML é, como o nome diz, uma meta linguagem, e bebe na fonte das linguagens interpretadas, só que ao contrário!

A grande sacada do RCML toolkit é que ele converte as linguagens de alguns fabricantes de robôs industriais (até agora, ABB, KUKA, FANUC e Motoman) em RCML, e através de alguns APIs, pode controlar os braços mecânicos executando o código RCML, que pode depois ser reutilizado em robôs de outras marcas, ou mesmo fracionado/reorganizado, de acordo com a necessidade.

As possibilidades de uso são imensas.

No segundo vídeo linkado abaixo, por exemplo, o cara cria um programa em um KRC4 . Pega esse programa, carrega no RCML toolkit, que por sua vez traduz o código KRL da KUKA em RCML e depois comanda o robô executando o código RCML recém-criado.

E para sapatear na cara da sociedade da robótica industrial, após uma pequena alteração em um arquivo de configuração, o MESMO código RCML criado a partir do KRL é utilizado para controlar um robô FANUC, que inclusive está montado em uma posição diferente da do KUKA.

Vídeo explicando o conceito (narração em russo! Mas dá pra ligar as legendas).



Vídeo (curto) mostrando a implementação do RCML.



Versão estendida do vídeo anterior, mostrando todos os passos em detalhes.



Até pouco tempo atrás, era comum que as empresas optassem por utilizar uma única marca de robôs industriais, para facilitar manutenção, treinamento e aquisição de peças de reposição, por exemplo.

Mas nos tempos atuais, com essa enxurrada de robôs de baixo custo invadindo o mercado e com o chão de fábrica ficando cada vez mais diversificado, o RCML faz muito sentido.

Existem outras iniciativas do mesmo tipo, como o ROS-Industrial, que está há mais tempo na praça. Mas pelo pouco que vi, me pareceu que o RCML está um pouco mais maduro para ser utilizado em ambientes industriais.

*Para conhecimento: continuo não gostando do Java.